quinta-feira, 1 de janeiro de 2009

Paul Mauriat - Capas

Capas dos álbuns para download, tanto de cd como de vinil, de todos os tempos e lugares:
É só clicar nas imagens para fazer o download (pelo 4shared). São 300 capas completas em alta resolução, 300 frentes em alta resolução e 1000 capas pequenas.
_
1 - Capas inteiras grandes:

2 - Capas inteiras grandes:

3 - Capas inteiras grandes:

4 - Capas inteiras grandes:

5 - Capas inteiras grandes:

6 - Capas inteiras grandes:

7 - Capas inteiras grandes:

8 - Capas inteiras grandes:

9 - Capas inteiras grandes:

10 - Capas grandes - frentes:

11 - Capas grandes - frentes:

12 - Capas pequenas - frentes:

18 comentários:

  1. Encontre a Mauriat en 1967 y nunca lo pude dejar. Aunque creo que tengo todos las pistas voy a bajar nuevamente estas maravillosas compilaciones. Gracias por ayudar a que esta musica siga viva.

    ResponderExcluir
  2. Paul Mauriat é sempre contemporâneo ! Deveria - mesmo in memoriam - ser mais valorizado no Brasil,já que muito colaborou, com suas gravações, para levar a música brasileira de qualidade para outros paises - como também fizeram outros maestros, como Ray Conniff, Caravelli, Franck Pourcel, Percy Faith e Richard Clayderman.

    Alverlan Silva - Campos dos Goytacazes/RJ-Brasil

    ResponderExcluir
  3. Mediante el blog SanJose72 he llegado hasta aquí siguiendo la pista de la buena música de PM. Felicidades a tí y gracias por permitir que la obra excelsa permanezca en el tiempo, tan fresca y actual como ayer..Un abrazo fraternal desde Ecuador. Y adelante siempre.
    Francisco. Loja-ecuador.

    ResponderExcluir
  4. Prezado André:

    Você não imagina a minha emoção por compartilhar e baixar todos os arquivos que você postou no 4 shared. Imagino o trabalhão que deu para compilar e organizar todas as músicas por ordem de ano. Você está de parabéns!
    Paul Mauriat tem que ser lembrado para smpre por gerações e gerações. E você está contribuindo com a eternização de sua obra.
    Tenho 55 anos e curto as músicas extraordinárias de Paul Mauriat desde meus vinte e poucos anos de idade.
    A gente só tem que te agradecer por isso.

    Edgar Toporcov
    email: etoptrad@gmail.com
    São Paulo - SP - Brasil

    ResponderExcluir
  5. Parabéns André pelo belo trabalho que você está proporcionando aos adimiradores da boa música de Paul Mauriat.

    ResponderExcluir
  6. Vou repetir o que João Rocha disse:
    "Parabéns, André, pelo belo trabalho que você está proporcionando aos admiradores da boa música de Paul Mauriat".
    Tenho 3 anos a mais do que o Edgar Toporcov. E por que estou dizendo isso? Porque com a idade dele (um pouco antes) eu já apreciava ("curtia", como dizíamos na época) as músicas de Paul Mauriat. E isso em pela beatlemania e jovem guarda (Chico, Milton e Caetano vieram depois). A primeira música de Paul Mauriat que me chamou a atenção, no meio do som das guitarras, foi "Love is blue" (tinha uns 17 anos, aproximadamente). Lembro que "Love is blue" figurava entre as músicas mais solicitadas em algumas emissoras de rádio; foi o caso da Rádio Rio-Mar, de Manaus (na época, morava em Macapá mas a sintonizava só para ouvi-la). Além dos Beatles, Paul Mauriat também fez (e ainda faz) parte da trilha sonora da minha vida. Não dá pra enumerar, porque muitas as músicas. Mas as que me tocam, além de "Love is blue", são "Inch'Allah", "Penelope", "El bimbo", "Iberia, siempre Iberia", "Adagio", "Sur le chemin de ma vie", "Elvira Madigan" etc.
    Sem desmerecer as demais orquestras, um dos aspectos que diferenciou Paul Mauriat foi, como disse um jornalista (cujo nome não lembro agora) o fato de também incluir músicas suas nos discos. Outro aspecto foram os arranjos conforme as músicas dos países, com músicos locais. É só ouvir os discos com músicas brasileiras ou, por exemplo, o "The Russiam Album". No caso das músicas brasileiras reparem bem a introdução de Mauriat em "Ponteio". Acho-a semelhante à gravação com Edu Lobo.
    Nos apresentações em DVD, por exemplo, podemos ver (e ouvir) os solos, caso da guitarra espanhola em "Iberia, siempre Ibéria", ou do piano, em "Penelope". e por aí vai.
    Agradeço, também, porque as primeiras músicas em outro site(anos 50 a 60) os links estavam quebrados.
    Valeu também pelas OUTRAS VERSÕES. Muito interessante, porque encontramos as gravações originais. Em alguns casos, com mais de um intérprete, como por exemplo em "Comme un soleil", com Michel Fugain e Nana Mouskouri.
    Obrigado.
    Aloisio Cantuária - Belém, Pará
    e-mail: aloisiocantuaria@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  7. André Emilio:
    parabéns por disponibilizar a discografia de P.Mauriat.Já baixei todas elas e tbm as versôes
    das musicas originais.estava pensado em colocar suas postagens em uma comunidade do Orkut que faço parte( claro se vc concordar!)nessa comunidade tem um tópico dedicado ao maestro
    lá tem algumas postagens antigas ainda quando vc usava o Rapidshare.
    obrigado mais uma vez,por essa grande coleçâo!
    Miguel

    ResponderExcluir
  8. oi amigo .
    que bom saber que vc é um admirador de arte musical pintada por este mestre de trilhas sonoras de sonho estes vividos por todos iclinado a ouvir paul muariat.
    Estou felicisimo com sua obra .
    parabens.

    ResponderExcluir
  9. silas francisco de almeida.


    shivasilas@hotmail.com
    fiz este comentario acima por esta comovido com grasciosa bondade de partilhar este trab. com todos os sabedores de otima musica

    ResponderExcluir
  10. vinilpaulocd@htomail.com
    Amigo...
    Belissimo trabalho....sem mais palavras

    Um pequeno detalhe:
    Corrige esse musica que esta sem o final
    On ne vit pas sans se dire adieu - 1975

    ResponderExcluir
  11. De vez em quando topamos com algo surpreendente na internet.
    Dessa vez não foi diferente.
    Para surpresa minha e acredito de tantos fãs de Paul Mauriat, diga-se de passagem um dos "grandes" da música orquestrada,um excelente e ordenado trabalho de despreendimento, oferecendo a tantos a oportunidade de ouvir grandes músicas transformadas em clássicos pela batuta mágica de Paul Mauriat
    Obrigado André.
    Abç,
    Sérgio.

    ResponderExcluir
  12. Maravilhoso blog, Andre e super cuidadoso, parabéns pelo trabalho !!! Aproveitando o ensejo, gostaria de saber se você teria, se possivel, a capa e contra capa do CD ou do vynil : The Godfather. Esse é um dos discos da minha vida, do Mauriat. Interpretação belissima para o Jesus Cristo do Roberto Carlos, do tema do Poderoso Chefão e de quebra, com o Je t'aime mois non plus.

    ResponderExcluir
  13. onde se leu " je t'aime moi non plus " por favor, leia-se " La Decadanse " !!! :-//// É a idade !!! :-))

    ResponderExcluir
  14. Falar de pual Mauriat talvez eu não posso falar muito mas o seu trabalho fala por si só.
    Um abraço:sebastião Monteiro

    ResponderExcluir
  15. É uma pena que poucas pessoas no Brasil conhecem o trabalho, talento e divinismo deste grande maestro. Ele se foi mas deixou uma obra de valor incomparável infelizmente pouco conhecida no Brasil, especialmente pelos jovens. Paul Mauriat faz muita falta nesta mundo que carece de coisas boas. É pena que o tempo leve embora pessoas como ele.

    ResponderExcluir
  16. Gostaria de saber se as musicas do disco BLOOMING HITS VOL 2 capa com fundo na cor preta são as mesmas da capa com a foto de uma mulher e o fundo na cor branca.
    Sérgio
    e-mail: pereirasm@bol.com.br

    ResponderExcluir
  17. o QUE SERIA DESSE MUNDO SEM A BOA MÚSICA? PARABENS ANDRÉ, DE GENTE ASSIM É QUE O MUNDO PRECISA.

    ResponderExcluir

Bem vindo!